Wellington Garcia é o grande campeão da Copa Minas Gerais de Motocross

O goiano Wellington Garcia comemora o título da principal categoria. Foto: Dário Café

O goiano Wellington Garcia comemora o título da MX1, principal categoria da Copa. Fotos: Dário Café

Apesar da chuva, o segundo dia da grande final da Copa Minas Gerais de Motocross tirou mais de 28 mil pessoas de casa e, mais uma vez, superou em muito a população da cidade, que é de 9.777 habitantes. Quem compareceu ao Parque de Exposições de São Gonçalo do Rio Abaixo, pôde conferir disputas eletrizantes nas categorias MX2, 85cc, MX3, Júnior, 65cc e MX1.

A categoria mais importante da competição foi vencida pelo goiano Wellington Garcia. Jorge Balbi, líder da MX1, resolveu não correr para não forçar o ombro lesionado na última etapa do Brasileiro de Motocross. Thales Vilardi, terceiro colocado também não compareceu por problemas particulares. Dessa forma, Garcia entrou na pista já com a mão na taça. A prova terminou com Rafael Faria em primeiro, Adam Chatfield em segundo, Marcelo Lima em terceiro e Wellington em sexto (confira os resultados abaixo).

Largada da MX1

Largada da MX1

Na MX2, Balbi estava com uma vantagem de 17 pontos em relação ao segundo colocado do campeonato, Wellington Garcia. Por isso, não quis abrir mão da corrida. Mesmo terminando em quinto lugar, o piloto mineiro confirmou o título. Garcia garantiu o vice-campeonato ao chegar na segunda posição. O vencedor da corrida foi o paranaense Rafael Faria, que largou na frente e liderou toda a prova.

Já na MX3, categoria predominantemente masculina, a temporada foi conquistada por uma mulher. Mariana Balbi, confirmou o favoritismo e levou a taça. O vice foi Everaldo Chaves. Os primeiros colocados da prova foram, Mariana Balbi, Stefany Serrão e Sydnei da Silva.

Na categoria 85cc, quem faturou o título foi o Vinícius Abreu, com 83 pontos. Iuri Naves ficou em segundo, com 60. Pedro Bento também estava na briga pelo título, mas caiu duas vezes, terminando na quinta posição. A corrida teve o pódio formado pelos atletas Renato Muguinho, Frederico Spagnol e Eric Domingos.

Depois, vieram os garotos da Júnior. O pódio da prova foi composto pelos pilotos Fábio dos Santos, João Carvalho e Gabriel Soares, o que deu o campeonato para Fábio e Gabriel Soares.

Na categoria 65cc, as primeiras posições ficaram com Rafael Araújo, Joaquim Neto e Carlos Pereira. O grande campeão foi Carlos Pereira e o vice Joaquim Neto.

No final do dia, houve o sorteio de uma moto para o público. O sortudo foi Augusto Henrique Lobato P. de Freitas, de Santa Bárbara. Para agradar toda a família, a Copa ofereceu uma área kids e um show de Freestyle com a equipe Rodrigão FMX. A festa dos campeões da temporada foi embalada pelas bandas de rock Neanderthal e Dark Rose.

Vista área do circuito. Foto: divulgação

Vista área do circuito. Foto: divulgação

Balanço

O primeiro ano da Copa Minas Gerais de Motocross surpreendeu. As quatro etapas, que ocorreram nas cidades de Sarzedo, Betim e São Gonçalo do Rio Abaixo, contaram com uma média de público de 37mil pessoas e 200 pilotos em cada edição.

A premiação foi uma das maiores do país. Em cada etapa foram distribuídos 37mil reais em prêmios para pilotos de 11 categorias. Na final, além do dinheiro, o campeão da MX1 levou um carro 0Km e o da MX2 uma moto 0Km. O vencedor e o vice de todas as outras categorias ganharam brindes, como barracas e caixas de ferramentas. O total de prêmios na última prova foi de 100mil reais.

Outra característica que chamou a atenção das autoridades e atletas presentes foi a estrutura do evento. As pistas construídas tiveram obstáculos com padrão internacional. As equipes de locução e cronometragem contratada são consideradas as melhores do país.

Ao longo do ano, a Copa cresceu e atingiu padrão superior ao do campeonato nacional. Agora, a expectativa dos organizadores é melhorar ainda mais a competição. “Ano que vem a Copa Minas Gerais de Motocross será maior e melhor. Vamos realizar mais etapas e trazer um programa diferente para os pilotos”, finaliza Cássio Marques da Silva, presidente do Motoclube Cassios Racing, entidade promotora do campeonato.

O GP Cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo tem o patrocínio de Ampla Motos Yamaha, X11 Equipamentos para Motociclistas, Pirelli e ASW. Apoio Prefeitura e Câmara Municipal de SGRA, Associação Comércio Industria e Agricultura de SGRA, Bristol Monte Verde Hotel, TV Globo Minas, Jornal O Tempo e Jornal Super Notícias. A Supervisão é da Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais. Organização Motoclube Cassios Racing.

Informações/ classificações e fotos
Acesse: www.copamgmotocross.com.br

Esse post foi publicado em Campeonato Mineiro e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s